Associativismo-Participativo, Gestão Empresarial e Auxílio na Tomada de Decisões.

Confiança se paga com resultados. A nova gestão da ASSERJ completou um ano no mês de agosto e se pudéssemos resumir as experiências em uma frase diríamos: o que importa é se importar. Quando há foco, os resultados aparecem e nada nos desvirtua, nem mesmo as fortes tempestades.

O primeiro e principal objetivo era manter o supermercadista unido e implantar o associativismo-participativo. As reuniões dos Conselhos Diretor e Comercial têm sido um sucesso e estão sempre lotadas. Hoje os supermercadistas convivem, se respeitam mais e discutem em conjunto as melhores práticas de mercado. Quanto mais juntos estivermos, quanto mais nos comunicarmos, maiores serão os resultados.

Nossa atuação legislativa ficou ainda mais forte com a contratação de um Consultor Político. Nos aproximamos de parlamentares e agentes públicos com formação técnica e contribuímos com nossa expertise para que as leis realmente atendam ao interesse público, sejam exequíveis e que não afetem os princípios econômicos. A maior prova foi a formação das Câmaras Técnicas em níveis Municipal (VISA), Estadual (Procon) e Federal (MAPA). Estreitar relações com a ABRAS e Fecomércio também se revelou muito eficaz.

A transparência é fundamental para consolidar a credibilidade. As contas da Associação e o planejamento orçamentário são discutidos a cada quatro meses pelos membros do Conselho Fiscal. Não poderíamos deixar de aproveitar a expertise que eles possuem na gestão de negócios.

Tornamo-nos a Associação de Supermercados com mais Conselhos Consultivos no Brasil (Comercial, Jurídico, RH, Comunicação e Marketing e Alimento Seguro), pois acreditamos que gerar conteúdo e índices acelera o processo de tomada de decisões. Aumentamos ainda o número de serviços prestados aos associados, implementando assessoria de Rh e do Alimento Seguro. Mais conselhos e serviços estão previstos para acontecer.

A nova gestão aposta que seu grande legado está na Escola Asserj. Como disse Pietrângelo Leta, Diretor do Conselho de RH da Asserj, precisamos achar uma forma de fazer com que o colaborador dos supermercados se orgulhe de trabalhar no setor. Não vemos outra maneira de cativá-los a não ser através do universo do conhecimento. Inaugurada há 6 meses, a Escola Asserj já possui mais de 45 cursos ministrados por facilitadores pós-graduados. Cerca de 600 alunos já passaram por nossas salas de aula.

A nova logomarca, a remodelação do site e a entrada da Asserj nas mídias sociais estão diretamente relacionadas com a contratação de uma agência de Marketing. Nos comunicamos melhor com nosso associados, com a indústria e com os consumidores. Contamos também com uma assessoria de imprensa que nos consolidou como referência para falar pelo setor nas mídias em geral.

Não poderia deixar de falar da transformação do modelo da Super Rio Expofood, voltada exclusivamente para negócios, relacionamentos e conhecimento. A atração de grandes players da indústria nos transformou na segunda maior feira de negócios da América Latina em tamanho e representatividade. Os resultados falam por si: resgate da credibilidade, 100% dos espaços vendidos, palestrantes renomados, aumento na margem de contribuição, dentre outros.

Foi muito difícil implementar o associativismo-participativo. Maior ainda foi o desafio de gerir uma associação tal qual uma empresa e produzir índices e conteúdos que auxiliem os tomadores de decisões. Hoje podemos dizer que a ASSERJ é o elo entre os supermercados, a indústria e os consumidores. Mas quer saber? Faríamos tudo de novo do mesmo jeito que fizemos. E daqui para frente, o que será que nos espera?

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *